A vida é bela

 

http://apod.nasa.gov/apod/image/0812/smileyfaceatsunset-2000px-mikesalway.jpg

 

Esta foto é, para mim, o retrato da nossa maneira de viver.

É assim a nossa vida. Com cores carregadas. Com cores bonitas. Sucessivas ou alternadas. Mas umas e outras sempre estão presentes. A nossa vida é uma tela com cores multifacetadas, cuja pluralidade só nos enriquece.

Ninguém vive só com nuvens escuras. Ninguém vive só com o azul celeste.

Esta imagem seria mais alegre só com o céu azul? Ou seria mais tristonha só com as nuvens negras? É possível. Mas é este contraste que a torna agradável à vista e ao coração.

De qualquer modo, cada um escolhe o que mais gosta: o vermelho do pôr do sol, a beleza da Lua a cruzar-se com Vénus e com Júpiter, a ameaça de borrasca que as nuvens anunciam, a serenidade das águas do lago.

Somos como somos, queixam-se alguns. 

Mas rigorosamente só em parte somos como somos (genética); também somos o que queremos ser, como queremos viver (cultura). E no ser humano a cultura sobrepõe-se à genética. Não somos apenas animais com instinto. 

Ser optimista, olhar as coisas de modo positivo torna a vida mais positiva, mais alegre.

A opção é de cada um. Mas porque se trata de uma opção, podemos sempre escolher. Isto é, não ficamos amarrados ao fatalismo.

Existimos porque somos agentes construtores da nossa vida e da história de todos.

Se assim não for, "não somos".

 

publicado por portosolidao@sapo.pt às 23:58 link do post | comentar | favorito