Defeito ou feitio?

Uma amiga minha publicou recentemente um livro para "deixar escorrer os pensamentos" para o papel. Passo a citar uma da suas reflexões.

 

"Uma dor, uma inquietação, pensamentos e emoções que não têm a ver com nada nem com ninguém... Eu, apenas eu, sofrendo eu... sofrendo sempre de algo. Algo superior a amores, família, amigos, sociedade de valores.

As quatro paredes e todas as más memórias. Uma e outra pessoa mais eu. A recordação de pessoas e eu aqui entregue... oferecida ao esquecimento e tão lúcida.

Quero ficar sozinha para descansar a alma, ficar recolhida, cuidar-me desta doença que meti na cabeça!!!

Pareço que ando em constante sofrimento. Defeito ou feitio. Pareço sempre insatisfeita, em stress e com algo a reclamar.

Se calhar só quero um pouco de atenção e de carinho, se calhar só quero tudo, ou se calhar ando sempre a queixar-me.

O mundo parece todo contra mim, e eu isolada... de mim!

Porque é que me deito abaixo? Porque é que sou tão má para mim?

Só me faço mal."

publicado por portosolidao@sapo.pt às 12:08 link do post | comentar | favorito